Homem invade aniversário da prefeita de Quixelô e dispara tiros contra convidados


Homem identificado como Gilderlânio Alves de Araújo disparou vários tiros; ninguém ficou ferido.

Um homem armado invadiu na noite deste domingo (6) o sítio onde ocorria a festa de aniversário da prefeita de Quixelô, Fátima Araújo, e disparou pelo menos quatro tiros na direção dos convidados. Ninguém ficou ferido. O suspeito está foragido e é procurado pela polícia do Ceará.

De acordo com o titular da Delegacia Regional de Iguatu, Marcos Sandro de Lira, que investiga o caso, o suspeito é identificado como Gilderlânio Alves de Araújo, produtor rural casado com a sobrinha da gestora

“Por volta das 23h, quase meia noite, a pessoa de Gilderlânio Alves de Araújo, que é casado com a sobrinha da prefeita, chegou ao local e começou a mostrar quantias em dinheiro e destratar várias pessoas que estavam no local. Ele também chegou na chácara perguntado pela prefeita insistentemente e após não a encontrar começou a discutir com a sobrinha da prefeita”, explicou o delegado.

Em nota, a Prefeitura de Quixelô lamentou o caso e informou que a prefeita e familiares estão bem. "Apesar do terror, não houve vítimas e todos passam bem. A prefeita Fátima Gomes tomou todas as medidas legais cabíveis e aguarda a conclusão das diligências em curso."

Discussão e tiros

Segundo o delegado, durante a discussão, o suspeito empurrou os convidados e quando uma pessoa tentou segurá-lo ele sacou uma pistola e efetuou primeiramente um disparo para o alto. E depois outros tiros na direção do irmão e do marido da prefeita.

"Durante a discussão ele teria empurrado várias pessoas. Quando as pessoas tentaram contê-lo, ele sacou uma pistola 9 milímetros e efetuou um disparo para cima e em seguida contra o irmão e o marido da prefeita", explicou o policial. Ele afirmou também, no momento da discussão, a prefeita estava dentro de um carro acalentando um bebê de uma sobrinha dela.

A polícia já ouviu testemunhas que afirmaram que os tiros foram direcionados à família de Fátima Araújo. "Vários populares que já foram ouvidos, frequentadores da festa, apontaram que outros disparos no número de quatro foram em direção ao esposo e irmão da prefeita. Esses disparos só não atingiram porque eles se esconderam por trás de uma coluna."

Apreensão da pistola

A Polícia Militar apreendeu a arma de fogo utilizada no crime, que havia sido abandonada na casa da mãe do suspeito. Os policiais militares mantêm a investigação com o objetivo de prender o suspeito que segue foragido.

"Ele já está sendo indiciado por tentativa de homicídio e como eu frisei iremos comunicar o fato para o poder judiciário e pedir a prisão preventiva dele."

A polícia apura também a motivação a motivação que levou o produtor rural a invadir o sítio e realizar os disparos. A possibilidade de que o crime tenha motivações políticas "inicialmente está descartada".

"Inicialmente descartando. Porque ele inclusive faz parte do grupo político da prefeita e podemos considerar que ele família da prefeita já que ele é casado com a sobrinha dela."

Fonte: G1
Compartilhar no G+