Postos de Fortaleza vacinam contra sarampo; confira os endereços

Todos os 184 municípios do Ceará vão disponibilizar as doses da vacina a partir de segunda-feira (7) — Foto: Reprodução

A primeira etapa da campanha vai priorizar a vacinação de crianças menores de 5 anos; na segunda fase serão imunizados jovens entre 20 e 29 anos de idade.

Todos os postos de saúde dos 184 municípios do Ceará vão aderir à campanha nacional de vacinação contra o sarampo, que começa nesta segunda-feira (7). A campanha terá cinco fases, sendo duas em 2019 e outras três no próximo ano.

Confira o endereço de todos os postos de saúde de Fortaleza

A primeira etapa abrange as crianças de 6 meses a menores de 5 anos, não vacinadas ou com esquema de vacinação incompleto, e segue até o dia 25 de outubro. Em 2019 foram notificados 166 casos da doença no Ceará. Destes, 122 descartados, cinco confirmados e 39 em investigação. Em todo o Brasil, seis óbitos foram confirmado, sendo cinco no estado de São Paulo e um em Pernambuco.

Na segunda fase, que vai de 18 a 30 de novembro, serão imunizados os jovens com faixa etária de 20 a 29 anos. A meta desta campanha é vacinar, no mínimo, 95% das crianças ainda não vacinadas.

De acordo com Ana Rita Cardoso, Coordenadora de Imunizações do Ceará o momento da campanha é muito importante para proteger as crianças, pois é oportunidade de atualização do cartão de vacina para crianças menores de cinco anos.

“É interessante que os pais vejam se a criança já têm duas doses, já que são duas recomendadas para crianças acima de um ano. E os bebês agora que estão completando seis meses já podem fazer a dose zero e depois fazerem as outras duas doses, que estão previstas no calendário de vacinação”, lembra

Incentivo

Como forma de incentivar a vacinação de crianças, o Ministério da Saúde vai repassar um recurso adicional aos municípios para que se organizem em campanhas. Será concedido R$ 1 por pessoa, considerando a base populacional já utilizada a outros repasses financeiros na Atenção Primária à Saúde. Para o aporte financeiro, o órgão disponibilizou R$ 206 milhões, a ser dividido entre os municípios que cumprirem a meta.

"O repasse será proporcional ao alcance. Se cumprir entre 90% e 95% de cobertura receberá 50% do recurso; no caso de 100% será o valor total", explicou o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

Neste ano 19 estados brasileiros encontram-se com surtos ativos de sarampo. Entre os estados com maiores índices estão São Paulo (5.228), Rio de Janeiro (28), Pernambuco (24) e Paraná (39).

Fonte: G1 Ceará
Compartilhar no G+