Criança de três anos é vítima de bala perdida e cadeirante é executado em Caucaia, na Grande Fortaleza

O jovem e o sobrinho foram encaminhados para o Hospital Municipal Doutor Abelardo Gadelha da Rocha, após serem baleados em Caucaia. — Foto: Rafaela Duarte/ Sistema Verdes Mares

Carlos Alberto Franco da Rocha, de 20 anos, era tio do menino ferido. Foi a terceira vez que ele sofreu uma tentativa de homicídio.

Um cadeirante identificado como Carlos Alberto Franco da Rocha, de 20 anos, morreu após ser baleado na Rua 110, no Bairro Planalto Caucaia, Grande Fortaleza, na noite desta quarta-feira (27). Uma criança de três anos, sobrinho da vítima, foi ferida de raspão na perna por uma bala perdida durante a ação.

Segundo a Polícia Militar, Carlos Alberto, conhecido na região como Carlinhos 02, estava na calçada de casa quando foi abordado por dois homens que atiraram na direção dele. A criança estava na rua no momento do crime e foi atingida de raspão. Os suspeitos fugiram sem ser identificados.

Na mesma noite, outro caso de execução com outra pessoa ferida por bala perdida foi registrado em Caucaia, no Bairro Taquara. Uma idosa de 80 anos foi baleada de raspão na barriga durante o homicídio de um homem de 27 anos foi morto na Rua Beco do Dom. Segundo a polícia, Mateus Demétrio Agostinho estava na calçada de uma residência quando suspeitos chegaram ao local e atiraram contra ele. A mulher atingida passava pelas proximidades no momento dos tiros. O estado de saúde dela é estável.

Tio e sobrinho hospitalizados

No caso do Bairro Planalto Caucaia, conforme a polícia, o jovem e o sobrinho foram encaminhados para o Hospital Municipal Doutor Abelardo Gadelha da Rocha, na Região Metropolitana. Carlos Alberto não resistiu aos ferimento e morreu na unidade hospitalar. Já o estado de saúde da criança não é considerado grave.

De acordo com a polícia, foi a terceira vez que Carlos sofreu um atentado de morte. Inclusive, ele perdeu o movimento das pernas em uma dessas ações.

Fonte: G1 Ceará
Compartilhar no G+