ANVISA LIBERA COMERCIO DE PRODUTOS À BASE DE MACONHA EM FARMÁCIAS


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou no dia 03 de dezembro a liberação da comercialização em farmácias de produtos à base de cannabis para uso medicinal no Brasil. A regulamentação foi aprovada para os próximos três anos por unanimidade.

Nessa mesma reunião foi negado o cultivo de maconha para fins medicinais no Brasil, fabricantes que optarem por entrar no mercado precisarão importar o extrato da cannabis.

A norma valerá após os 90 dias de sua publicação no “Diário Oficial da União”. De acordo com a resolução, os produtos liberados poderão ser para uso oral e nasal, em formato de comprimidos ou líquidos, além de soluções oleosas.

A venda será feita somente em drogarias e farmácias sem a prática de manipulação, tendo apenas a venda de produtos prontos fornecidos mediante a prescrição médica.

Os produtos terão embalagens informando a concentração dos principais canabinoides presentes na composição (CBD e THC), porém somente o THC será levado em consideração para a classificação do rótulo.

Fonte: CMS Cientifica
Compartilhar no G+