REALIZADA PRIMEIRA CAPTAÇÃO DE SANGUE DE CORDÃO UMBILICAL NO HRN


Nascida esta semana na maternidade do Hospital Regional Norte (HRN), do Governo do Ceará, Maria Alice já é uma heroína. A mãe da criança, a dona de casa Tamara Maria Gomes Lima (27), decidiu doar o sangue umbilical e placentário durante o parto. Esta foi a primeira captação no HRN, com apoio de uma equipe do Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce).

A esperança é de que a doação possa salvar a vida de Kauã (5), filho mais velho de Tamara.

Tamara conta que o filho Kauã faz tratamento para leucemia. Os médicos explicaram que um irmão teria mais chances de ser um doador compatível. “Quando eu descobri que estava grávida, perguntei se seria possível a doação e fiz a solicitação da coleta na hora do parto. É uma esperança para a cura do meu filho”, destaca. A doação foi viabilizada entre o hospital e o Hemoce logo após o parto. A coordenadora médica do serviço de obstetrícia do HRN, Eveline Valeriano Moura, explica que o sangue retirado da placenta e do cordão umbilical tem um potencial de recolhimento de células-tronco inclusive superior à doação de medula óssea.

Fonte: Governo do Estado
Compartilhar no G+