Criança escreve carta em agradecimento a policial que ajudou a encontrar celular furtado no Ceará


O menino de nove anos de idade, morador de Crateús, improvisou um bilhete feito à mão depois de ter o aparelho recuperado com a ajuda da polícia.

Ter um celular furtado pode ser motivo de decepção. Mas conseguir recuperar o aparelho pode dar lugar ao alívio e à gratidão a quem ajudou no resgate. Em Crateús, no interior do Ceará, o caso aconteceu com um menino de nove anos de idade que teve o celular levado em outubro de 2019 e, com a ajuda do inspetor José Airton Melo da Silva Júnior, da Polícia Civil, conseguiu recuperar o aparelho no último dia 23 de janeiro.

Em agradecimento, o garoto confeccionou com as próprias mãos um bilhete para o agente. "Obrigado por achar meu celular inspetor Hairton (sic). Eu te agradeço muito", escreveu.

A sinceridade da carta foi além gratidão, já que o garoto ainda deixou registrado no bilhete as frases "não sei fazer coração" e "também num sei fazer invelope (sic)".



O gesto, contudo, foi maior que o improviso do pequeno, como coloca o inspetor José Airton. "Senti que não havia melhor salário que fazer uma criança feliz. Acredito que é isso que a sociedade, como um todo, merece da sua polícia. A felicidade dele é a minha", conta.

A mãe da criança, Suely Ferreira Santiago, conta que o telefone foi furtado em um clube de Crateús, em outubro de 2019. Na época, muitas pessoas desencorajam que fizesse a denúncia na delegacia, sugerindo que o menino havia perdido o celular.

No entanto, com o resgate do aparelho, foi constatado que se tratava de um furto. "Meu filho chorou de alívio e felicidade após recuperar o celular", diz.

O celular foi encontrado no distrito de Santo Antônio dos Azevedos, na zona rural de Crateús.

Fonte: G1
Compartilhar no G+