Família realiza missa em homenagem a professor cearense morto na Colômbia


Cerimônia ocorrerá na Igreja de Fátima, em Fortaleza, e será aberta para ao público.

A família do professor universitário cearense João Jaime Giffoni Leite realiza, nesta terça-feira (14), uma missa em homenagem ao docente, que morreu no dia 7 deste mês, após ser atropelado por um furgão de supermercado na ilha de San Andrés, na Colômbia. A cerimônia será realizada às 17h, na Igreja de Fátima, em Fortaleza. A missa será aberta a alunos, professores e amigos de João Jaime.

João Jaime foi atropelado enquanto caminhava com o namorado, Ádamo de Figueiredo Nogueira Mesquita. Desde o acidente, a família de João tem tentado resolver trâmites burocráticos para trazer o corpo dele para o Ceará.

Os parentes precisaram contratar um funerária de Fortaleza para fazer o traslado do corpo. Para isso, eles pagaram US$ 8 mil para custear o serviço. No câmbio atual, esse valor fica em torno de R$ 33 mil.

Segundo pessoas próximas à família, há a possibilidade de o corpo ser enviado ainda nesta terça para o Ceará. No entanto, não há previsão de chegada.

Acidente

João Jaime e Ádamo de Figueiredo estavam andando pela calçada quando o motorista do furgão perdeu o controle do veículo e atingiu os dois. João Jaime morreu na hora, já Ádamo teve vários ferimentos. Ele continua internado em um hospital da região. Os dois estavam em uma viagem de férias na ilha caribenha.

Fonte: G1
Compartilhar no G+