Idoso que sofreu descarga elétrica ao pintar parede de apartamento morre em hospital de Fortaleza


Segundo a família, a morte foi confirmada pelos médicos às 4h30, em decorrência de uma parada cardiorrespiratória.

O idoso Ahail Gentil Moura, 83 anos, que sofreu uma forte descarga elétrica ao pintar a parede de um prédio residencial na última quarta-feira (8), no Bairro Rodolfo Teófilo, em Fortaleza, não resistiu aos ferimentos e morreu na madrugada desta segunda-feira (13). A informação foi confirmada pela filha dele, a cabeleireira Aline Ramos.

Segundo ela, o choque foi ocasionado por um poste instalado próximo do imóvel. "Queremos justiça. Queremos a retirada deste poste de alta tensão que deu a descarga elétrica no meu pai que veio a óbito", disse a cabeleireira.

Em nota enviada ao G1 no sábado, a Enel Distribuição Ceará, responsável pela manutenção e distribuição da rede elétrica no estado, informou que o poste funciona de acordo com as normas técnicas e de segurança. A empresa recomendou que a população mantenha distância da rede elétrica ao fazer manutenções e reparos domésticos.



Parada cardiorrespiratória

Ainda de acordo com Aline, a morte foi confirmada pelos médicos às 4h30, em decorrência de uma parada cardiorrespiratória. Conforme Aline, os familiares acreditavam na recuperação do idoso. "Estávamos preparando o quarto para ele quando voltasse, com uma televisão nova, pois a dele queimou com a descarga elétrica", acrescentou.

Ahail foi atingido pela descarga quando estava pintando, com um rolo, a parte externa da varanda do apartamento dele, que fica no quarto andar. Após o choque, ele caiu na varanda. Parte do corpo do idoso foi afetado pelo choque e ficou necrosado.

Segundo familiares, esta foi a segunda descarga elétrica que o aposentado sofreu no mesmo local. Há cerca de um ano, Ahail teve mãos e antebraço queimados com o choque.

Fonte: G1
Compartilhar no G+