PADRASTO É PRESO SUSPEITO DE MATAR 3 CRIANÇAS EM PARATY

Homem teria sido responsável pelo incêndio na casa das vítimas

Nesta sexta-feira (24/01), a polícia prendeu o padrasto de três crianças que morreram em um incêndio na cidade de Paraty, no Rio de Janeiro. Ele é suspeito de ser o responsável pelas mortes. A informação foi dada pelo jornal O Globo.

De acordo com os investigadores, o homem teria colocado fogo na residência por estar com ciúmes da companheira. No incêndio, morreram Marya Alice de Almeida Santos da Conceição, de 4 anos, Cauã de Almeida Santos da Conceição, de 5 e Marya Clara de Almeida Santos, de 7. A mãe delas, Dara de Almeira Santos de Souza, de 25 anos, está internada após a inalação de fumaça.

Em depoimento, o homem disse que uma das crianças havia colocado fogo em um colchão que estava no quarto. A polícia, no entanto, encontrou contradições nas declarações. Ao jornal O Globo, o delegado Marcelo Russo, titular da 167ª DP (Paraty), disse que homem planejava se livrar das crianças.

– Nós ouvimos o depoimento de sete testemunhas, incluindo a avó e a babá das crianças. O acusado havia criado a história de que um dos filhos seria o autor do fogo nos colchões do quarto, por ele ser muito levado. Ele planejava se livrar das crianças, que já demonstravam grande temor do padrasto, para viver só com a mulher. Mas contradições no depoimento desvendaram a autoria desse crime – explicou.

O homem estava morando em Paraty há 7 meses. Ele vai responder por três crimes de homicídio qualificado e por tentativa de feminicídio.

Fonte: By Ibiapaba 24 horas
Compartilhar no G+