Chuva alaga ruas, arrasta automóvel e invade casas em Juazeiro do Norte; chove em quase todas as cidades do Ceará

Chuva alagou várias ruas e avenidas de Juazeiro do Norte, no Ceará — Foto: Lorena Tavares

Funceme registrou precipitações em 171 das 184 cidades do Ceará entre as 7h da terça-feira (4) e a manhã desta quarta-feira (5).

Choveu em pelo menos 171 das 184 cidades do Ceará entre as 7h da terça-feira (4) e a manhã desta quarta-feira (5), segundo balanço da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). Os maiores transtornos foram registrados em Juazeiro do Norte, no Cariri, onde o único acesso ao município de Crato ficou bloqueado e ruas ficaram alagadas.

Em Juazeiro do Norte, onde choveu 88 milímetros, um carro foi arrastado pela água em uma rua do bairro São José. A água também invadiu algumas casas na região.

Na Avenida Padre Cícero, também em Juazeiro do Norte, um ônibus ficou preso em frente à sede do Departamento de Trânsito (Detran) da cidade. A avenida é o único acesso entre Juazeiro do Norte a Crato, já que o Anel Viário, em obras, está interditado.




A chuva também prejudicou o acesso de ciclistas na ciclovia da Rua Leon Sampaio. No Bairro Lagoa Seca, motoristas tentaram um caminho alternativo para chegar até a cidade vizinha Barbalha. Lá, um carro caiu dentro de um grande buraco na Rua Padre Manoel Germano.

O maior acumulado de chuva, contudo, foi no Cedro, na Região Centro-Sul, registrou no período 119 milímetros de precipitações, segundo boletim divulgado às 8h. Os dados serão atualizados no decorrer do dia.






Chuvas no Litoral Oeste e Fortaleza

Choveu também no Litoral Oeste do Ceará. Em Paraibaba (105,2 milímetros); Trairi (105,0 milímetros); Paracuru (98,0 milímetros) e Acaraú (95,0 milímetros). Na Região Metropolitana a cidade que mais computou chuvas foi Itaitinga com 81,0 milímetros seguido de Maranguape com 73 milímetros.

Em Fortaleza, o maior volume ocorreu no Posto Pluviométrico do bairro Castelão com 46 milímetros. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a previsão para Fortaleza nesta quarta-feira é de tempo nublado a parcialmente nublado com pancadas de chuva. A mínima na capital é de 25ºC e máxima 31ºC.

De acordo com a Funceme, o Ceará segue com condições de chuva em todas as macrorregiões até quinta-feira (6). O cenário favorável se dá pela atual posição da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), principal sistema meteorológico a contribuir para chuvas no Ceará durante o período da Quadra Chuvosa. Com sua proximidade da costa norte da região Nordeste, acaba proporcionando áreas de instabilidade e contribuindo para precipitações no Estado.

Reservatórios

Os 155 açudes cearenses monitorados pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), que analisa o aporte diário nas barragens, têm capacidade para 18,62 bilhões de metros cúbicos de água. Atualmente, o volume está em 2,66 bilhões de m³, o que corresponde a 14,30% da capacidade.

Ainda conforme o órgão, 92 reservatórios estão com volume abaixo de 30% (33 em volume morto e 13 secos). Apenas o Germinal se encontra com capacidade de 100%.

O açude Castanhão, maior reservatório do Estado, está com 2,48% da capacidade total. O Banabuiú, localizado no município de mesmo nome, é outro importante açude cearense castigado pela seca: está só com 6,07% de capacidade. Já o Orós, na bacia do Alto Jaguaribe, tem 4,85% de volume. Juntos, eles respondem por quase 20% do volume total do Estado.

Fonte: G1 Ceará
Compartilhar no G+