Bolsonaro tem aprovação de 35% e reprovação de 33% na gestão da crise do coronavírus, diz Datafolha


Pesquisa foi realizada por telefone entre quarta e sexta com 1.558 entrevistados em todas as regiões do país. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

Pesquisa Datafolha publicada nesta segunda-feira (23) pelo jornal “Folha de S.Paulo” mediu a avaliação do desempenho do presidente Jair Bolsonaro, dos governadores e do Ministério da Saúde na condução da crise do coronavírus.

Casos atualizados de coronavírus no Brasil

A pesquisa foi realizada por telefone ouviu 1.558 pessoas entre quarta-feira (18) e sexta-feira (20) em todas as regiões do país. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

Veja abaixo os resultados:


Avaliação do desempenho de Bolsonaro em relação ao surto de coronavírus 


  • Ótimo/bom: 35% 
  • Regular: 26% 
  • Ruim/péssimo: 33% Não sabe: 5%

Avaliação do desempenho do Ministério da Saúde 


  • Ótimo/bom: 55% 
  • Regular: 31% 
  • Ruim/péssimo: 12% 
  • Não sabe: 2%

 Avaliação do desempenho dos governadores 

O Datafolha apontou o percentual de entrevistados aprovam o desempenho do governador do seu estado:

Média dos entrevistados: 
  • 54% Nordeste: 51% 
  • Sudeste: 52% 
  • Centro-Oeste/Norte: 56% 
  • Sul: 61% 

Declarações sobre a pandemia 

A pesquisa também questionou os entrevistados sobre o que achavam das declarações de Bolsonaro de que havia uma "histeria" em torno do coronavírus. As respostas foram:
  • Discordam: 54% 
  • Concordam: 34% 
  • Não têm opinião: 8% 
  • Não concordam nem discordam: 3% 

Cumprimentos a manifestantes 

Outro tópico da pesquisa foi o gesto de Bolsonaro de cumprimentar manifestantes em um ato pró-governo, mesmo quando já havia a determinação de autoridades de saúde para se evitar o contato próximo com outras pessoas, para evitar a disseminação do vírus.

  • Reprovaram o gesto: 68% 
  • Aprovaram o gesto: 27% 
  • Não opinaram: 4%

Fonte: G1
Compartilhar no G+