Secretário de Saúde do Ceará está internado com suspeita de Covid-19

Carlos Roberto Martins Rodrigues Sobrinho, o Dr. Cabeto, em entrevista ao Bom Dia Ceará — Foto: José Leomar/SVM

Dr. Cabeto está em observação e passa bem, segundo a secretaria da Saúde

O secretário da Saúde do Ceará, Carlos Roberto Martins, o Dr. Cabeto, está internado com suspeita de Covid-19, de acordo com informações da pasta. Ele apresentou febre neste sábado (28) e optou por repetir o exame para testagem de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

Segundo a secretaria, Dr. Cabeto está em observação e passa bem. Nesta manhã, o secretário - que é médico e tem 54 anos -, participou de reunião por videoconferência com o governador do Ceará, Camilo Santana. A secretaria ressalta que, assim que sair o resultado, será feita a comunicação pela pasta.

O Ceará registra 282 casos de novo coronavírus no estado, segundo o informe epidemiológico divulgado pela Secretaria da Saúde (Sesa) nesta sexta-feira (27). O número de mortes pela Covid-19 permanece em três.

Fortaleza é o epicentro da pandemia no Ceará, com 268 infectados. Maranguape aparece pela primeira vez na lista, com um caso. Os outros municípios que também têm ocorrências da doença são: Aquiraz (6), Fortim (1), Juazeiro do Norte (1), Sobral (4) e Mauriti (1). No informe desta quinta-feira (26), a Sesa divulgou que Groaíras teria um caso confirmado, mas descartou a confirmação da notificação no informe desta sexta-feira.

Tempo de evolução da Covid-19

O tempo entre o aparecimento os sintomas iniciais e o óbito das três primeiras pessoas que morreram por Covid-19 no Ceará variou de 4 a 11 dias, de acordo com o boletim da (Sesa) da quinta-feira (26), que foi o mais detalhado desta semana. As vítimas foram duas mulheres, de 84 e 85 anos, e um homem de 74 anos. Os três idosos tinham doenças crônicas já existentes e moravam em Fortaleza.

A Covid-19 na outra mulher, de 84 anos, evoluiu durante nove dias até o óbito, dos quais dois ela passou em internação. As informações constam no sistema oficial de notificação do Ministério da Saúde (Redcap).

Medidas do governo do Ceará

Veja as medidas anunciadas entre 16 e 22 de março pelo governo do estado contra proliferação do novo coronavírus:

Decreto de situação de emergência na saúde pública;

Construção de 3 anexos aos hospitais César Cals, do Coração de Messejana e Geral de Fortaleza (HGF)

Liberação de R$ 245 mi para compra de insumos para combate ao coronavírus;

Aulas suspensas em escolas e universidades públicas por 15 dias;

Proibição de eventos com mais de 100 pessoas; Compra de mais de 10 mil kits para diagnosticar os casos de Covid-19;

Destinação de 200 leitos para enfermaria e 30 leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) para atender aos pacientes;

Compra de 600 UTIs e equipamentos de proteção para os profissionais da saúde;

Isolamento social;

Suspensão por 10 dias do funcionamento de bares, barracas de praia, restaurantes, lanchonetes, templos e igrejas, museus, academias de ginástica, feiras livres, lojas que prestem serviço de natureza privada, galerias e centros comerciais (liberados os serviços de entrega por aplicativo). As medidas restritivas não se aplicam a bares que funcionem no interior dos hotéis e pousadas, desde que sirvam somente aos hóspedes;

Interrupção do funcionamento do metrô em Fortaleza, Sobral e Juazeiro do Norte, a partir de 0h de sábado (21);

Fim das viagens intermunicipais, a partir da 0h de segunda-feira (23);

Prorrogação do ponto facultativo para os servidores públicos do estado até sexta-feira (27);

Barreiras nas divisas do Ceará com outros estados, para fiscalização sanitária;

Suspensão das atividades do setor industrial até 29 de março, exceto a produção de itens essenciais;

Suspensão por 90 dias (abril, maio e junho) da cobrança de água para consumidores de baixa renda;

Suspensão por 90 dias da cobrança da tarifa de contingência;

Lançamento de edital para artistas, que farão apresentações on-line;

Inspeção de passageiros que chegam pelo aeroporto de Fortaleza.




Fonte: G1 Ceará
Compartilhar no G+