Ceará chega a 33 açudes sangrando e atinge melhor marca em 11 meses

                               A barragem Caldeirões é uma das que está sangrando no Estado

De ontem para hoje, três açudes apresentaram volume acima de sua capacidade. Chuvas em março já superam sua média mensal.

O Ceará atingiu neste domingo (29) a marca de 33 açudes sangrando, segundo a Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh). Este número iguala a quantidade de reservatórios com volume acima de sua capacidade, atingidos em abril do ano passado.

Os últimos a sangrarem foram os açudes São José I, em Boa Viagem, na macrorregião de Banabuíu, Itapebussu, em Maranguape, e Tijuquinha, em Baturité, os dois na Bacia Metropolitana.

Os números do Portal Hidrológico da Cogerh também apontam que subiu para seis, de ontem para hoje, o número de açudes que estão acima de 90% de sua capacidade, enquanto cresceu para 64 os que estão abaixo dos 30%.

Segundo a Cogerh, entre sexta-feira e sábado (28), foram registrados aportes em 97 açudes cearenses, representando um aumento de aproximadamente 120 milhões de metros cúbicos no volume armazenado. Entre eles, estão os dois maiores reservatórios do Estado: o Castanhão, que recebeu aporte de 39,5 hm³ e o Orós que teve recarga de cerca de 16,6 hm³.

A Companhia destacou, pela importância estratégica (capacidade de armazenamento e/ou cidades abastecidas), o aporte nos açudes de Acarape do Meio, Angicos, Aracoiaba, Araras, Arneiroz II,Ayres de Sousa, Banabuiú, Castanhão, Caxitoré, Edson Queiroz, Figueiredo, Frios, General Sampaio, Jaburu I, Orós, Pedras Brancas, Pentecoste e Taquara. A água acumulada também permitiu que o açude Faé, em Quixelô, deixasse de estar seco.

Os açudes que estão acima de 100% de sua capacidade são:

1. Acaraú Mirim (Massapê)

2. Arrebita (Forquilha)

3.Jatobá II (Ipueiras);

4. Jenipapo (Meruoca);

5. São Vicente (Santana do Acaraú)

6. Sobral (Sobral)

7. Caldeirões (Saboeiro)

8. Trici (Tauá)

9. Valério (Altaneira)

10. São José I (Boa Viagem)

11. Angicos (Coreaú)

12. Diamantino II (Marco)

13. Gangorra (Granja)

14. Itaúna (Granja)

15. Trapiá III (Coreaú)

16. Tucunduba (Senador Sá)

17. Várzea da Volta (Moraújo)

18. Itapajé (Itapajé)

19. Gameleira (Itapipoca);

20. Missi (Miraíma)

21. Poço Verde (Itapipoca)

22. Quandú (Itapipoca)

23. São Pedro Timbaúba (Miraíma)

24. Acarape do Meio (Redenção)

25. Germinal (Palmácia)

26. Itapebussu (Maranguape)

27. Tijuquinha (Baturité)

28. Gomes (Mauriti)

29. Rosário (Lavras da Mangabeira)

30. Barragem do Batalhão (Crateús)

31. Carnaubal

32. Colina (Quiterianópolis)

33. Sucesso (Tamboril)

Otimismo

As chuvas neste mês de março no Ceará já são 34,6% acima de sua média mensal, que é de 203,4 milímetros. Nestes primeiros 29 dias, o acúmulo médio do Estado é de 273,8 milímetros. Com isso, o açude Castanhão está próximo de igualar seu melhor volume nos últimos quatro anos: 9,94%, em abril de 2016. Hoje, o maior reservatório do estado está com 9,12% de sua capacidade. Neste mês de março, teve um aporte de 94 milhões de metros cúbicos de água.

Previsão

A Funceme prevê chuvas nos últimos três dias do mês. Hoje (29), predomina a nebulosidade variável em todas as regiões com chuva isolada na Ibiapaba, no Litoral Norte e na região Jaguaribana. Nas demais áreas, há possibilidade de chuva. Amanhã (30), o céu permanece nublado em todas as regiões com chuva isolada no centro-norte do Estado e possibilidade de chuva na região sul. Já na terça-feira (31), teremos tempo fechado em todas as regiões com chances de chuva no Centro-Sul, enquanto nas demais regiões deve ocorrer precipitações isoladas.

Fonte: Diário do Nordeste
Compartilhar no G+