Polícia Militar distribui mais de uma tonelada de alimentos a famílias em situação vulnerável em Fortaleza

     18º BPM arrecadou 1.100 quilos de alimentos para serem distribuídos a famílias em situação de         vulnerabilidade — Foto: Arquivo pessoal

A ação acontece durante o período de quarentena por conta do novo coronavírus. A PM informou que pretende manter as distribuições de alimento por tempo indeterminado.

Em meio à quarentena, em decorrência do novo coronavírus, o 18º Batalhão da Polícia Militar (BPM) arrecadou 1.100 quilos de alimentos para serem distribuídos a famílias em situação de vulnerabilidade que moram perto da unidade policial, situada no bairro Antônio Bezerra, em Fortaleza. Nesta terça-feira (14), a PM deve entregar 30 cestas básicas para ajudar a população carente da região.

A ideia de doação de alimentos foi iniciada pela Corporação na Semana Santa e pretende beneficiar, em um primeiro momento, cerca de 70 famílias. Para não haver aglomeração, de acordo com a Polícia Militar do Ceará (PMCE), os insumos serão entregues na unidade móvel pelos próprios agentes do batalhão.

Os primeiro grupos de beneficiários correspondem a crianças e idosos que possuem um cadastro na unidade policial e fazem parte de projetos do 18º BPM, como o 'Lutando pela Paz', 'Jogadores da Paz', 'Entre Peças e Cordas', 'Clube da Melhor Idade' e o 'Grupo de Infantes Guerreiros da Paz'.

Segunda etapa




A segunda etapa das doações, informou a Polícia, ajudará famílias carentes identificadas pelos agentes durante as rondas de patrulhamento. De acordo com o tenente Pedro Moura, comandante da 1ª companhia do 18º BPM, a prioridade será grupos vulneráveis que moram dentro da área de atuação do batalhão.

“Já distribuímos algumas cestas durante a Semana Santa e iremos entregar outras 30 hoje. A prioridade são as famílias carentes que estão dentro da nossa área de atuação e que já temos algum contato. Mas é claro que não podemos deixar de fora as pessoas que, por causa da pandemia, entraram em uma situação de vulnerabilidade e também precisam da nossa ajuda”, informou o comandante Pedro Moura.

De acordo com o major Weibson Braga, comandante do 18º BPM, as distribuições só foram possíveis de serem realizadas a partir da ajuda da população e de supermercados e mercadinhos que doaram os alimentos. O agente também agradeceu aos colegas da corporação e de outras unidades, da capital, interior e Região Metropolitana que fazem parte do projeto.

A Polícia Militar informou ainda que o projeto de distribuição de alimentos irá continuar, sem previsão de término. O Órgão salientou ainda que a população poderá continuar doando alimentos em diversos pontos da PM.

Fonte: G1 Ceará
Compartilhar no G+