Universidade de Fortaleza gradua 82 alunos da área de saúde em colação de grau antecipada em formato drive-thru

                    Colação de grau aconteceu em sistema drive-thru. — Foto: Kid Junior/SVM

Solenidade em caráter especial reuniu estudantes dos cursos de enfermagem, fisioterapia e medicina

A Universidade de Fortaleza antecipou, na tarde desta terça-feira (14), a colação de Grau 2020.1 de 82 estudantes de enfermagem, fisioterapia e medicina. Em caráter especial devido à pandemia de Covid-19, a solenidade aconteceu das 14h às 17h em sistema de drive-thru para evitar a propagação do coronavírus.

Os novos profissional de saúde, que poderão atuar no enfrentamento da doença, foram orientados a permanecer dentro dos veículos durante a cerimônia. A assinatura da ata e o recebimento do Certificado de Conclusão do Curso ocorreram no estacionamento da Divisão de Assuntos Estudantis (DAE).

'Óbitos por Covid-19 têm aumentado nos hospitais públicos', diz secretário da Saúde do Ceará

Após denúncias, secretarias de Saúde no Ceará deverão comprovar envio de EPIs a profissionais de enfermagem

'É a ciência que precisa orientar nossos passos', diz Camilo sobre eventual renovação do decreto de isolamento social no Ceará

“Foram várias portarias, culminando com a última publicada ontem, a 383, que regulamenta justamente a antecipação de colação de grau de alunos de alguns cursos da área da saúde, desde que os alunos obedeçam determinadas condições expostas”, esclarece a professora e assessora da Vice-Reitoria de Ensino de Graduação da Universidade de Fortaleza, Karol Moura.

Entre os critérios estabelecidos pela portaria, os alunos não podiam ter pendências acadêmicas, como módulos de semestres anteriores não cursados ou com reprovação. Acadêmicos de enfermagem e fisioterapia precisavam ter apresentado o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) e cumprido 75% da carga horária de estágios obrigatórios. Já os de medicina, 75% do internato.

"É um sonho realizado. A minha avó não está aqui, mas nós estamos juntas. Eu estou muito feliz, muito mesmo", comentou a concludente de medicina Amanda Lira.

Também formada em medicina, Vivian Mota conseguiu levar parte da família para a solenidade. Ela diz que os seis anos da graduação a deixaram confiante para lidar com a doença. "A turma inteira acredita que está preparada para enfrentar a Covid-19. Todos estão com expectativas altas para ajudar a população a sair dessa”.

Coronavírus no Ceará

O Ceará alcançou, nesta terça-feira (14), a marca de 2 mil casos de Covid-19. Ao todo, são 2.070 registros. Neste mesmo dia, foram contabilizadas mais dez mortes, totalizando 111. Os dados foram atualizados às 18h na plataforma IntegraSUS, da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa).

Só em Fortaleza, que concentra a maioria dos registros, são 1.794 casos confirmados da doença. No total, a Covid-19 foi diagnosticada em 60 municípios cearenses.

Fonte: G1 Ceará
Compartilhar no G+