Camilo prorroga decreto de isolamento até o dia 20 de maio no Ceará; uso de máscara será obrigatório


O anúncio foi feito no fim da manhã desta terça-feira (5).

O governador do Ceará, Camilo Santana, prorrogou por mais 15 dias o decreto de isolamento social no estado, que agora valerá até o dia 20 de maio. A partir de agora, o uso de máscaras será obrigatório para a população. O anúncio foi feito no fim da manhã desta terça-feira (5).

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, participou do anúncio e informou que a capital terá um decreto específico com regras mais rígidas, principalmente quanto à circulação de pessoas e veículos pelos espaços públicos. O decreto de Fortaleza valerá a partir da próxima sexta-feira (8), para que haja a preparação para seu cumprimento.

A prorrogação anterior do decreto de isolamento social foi anunciada no dia 19 de abril e tinha validade até esta terça-feira. Esta foi a terceira vez que o governo adia o fim da norma para diminuir a transmissão do novo coronavírus.

A primeira proibição de funcionamento das empresas de produtos e serviços não essenciais passou a valer à 0h de 20 de março. O anúncio de prorrogação dessa proibição veio em 28 de março (por mais uma semana) e, logo no início de abril, ocorreu um novo prolongamento, desta vez por mais 15 dias, valendo até 20 de abril, sendo em 19 de abril novamente estendido até 5 de maio.

Casos no Ceará

A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) registra 11.256 casos confirmados do novo coronavírus (Sars-Cov-2) no estado e 733 mortes em decorrência da doença. Os dados foram divulgados por meio da plataforma IntegraSUS às 9h19 desta terça-feira (5).

O Ceará ultrapassou nesta segunda-feira (4) as 700 mortes por Covid-19 e atingiu 11 mil casos da doença. Os números atualizados às 21h18 de segunda mostraram 732 óbitos e 11.142 diagnósticos positivos. Foram 55 mortes a mais e 2.763 casos a mais que os registrados nesse domingo (4). Também aumentou o número de municípios com contaminações, passando de 151 para 163.

Fortaleza, epicentro da contaminação pelo vírus no estado, também registra novo recorde de casos e óbitos, com 8.342 diagnósticos e 567 mortes em decorrência da Covid-19.

Os números apresentados pela Secretaria da Saúde fazem referência à disponibilidade dos resultados dos testes para detectar a presença dos vírus, o que não corresponde necessariamente à data da morte ou do início da apresentação dos sintomas pelo paciente.

Veja outras informações da plataforma divulgadas nesta terça-feira (5) :

  • São 22.902 casos suspeitos; 
  • 31.070 testes realizados; 
  • A taxa de letalidade da doença no CE é de 6,5%; 
  • 163 municípios cearenses tiveram diagnósticos positivos da Covid-19.

Nesta quinta-feira (30), a Justiça Federal determinou que os 94 respiradores comprados pelo Governo do Estado e que estão retidos pelo Ministério da Saúde e a Intermed Equipamento Médico Hospitalar LTDA, sejam entregues após busca e apreensão. (veja na reportagem abaixo)

Fonte: G1
Compartilhar no G+