Ceará ultrapassa 100 mil testes para Covid-19 realizados e estado passa a registrar mais 7,6 mil casos


Conforme a Secretaria da Saúde, a próxima atualização da plataforma IntegraSUS trará o acréscimo de mais de 20 mil testes aplicados em Fortaleza e no interior do estado.

O Ceará ultrapassou a marca de 100 mil testes de Covid-19 realizados, contabilizando até o momento quase 115 mil exames. Com os novos resultados, foram diagnosticadas mais 7.688 pessoas infectadas pelo vírus desde a última atualização da plataforma IntegraSUS, realizada nesta sexta-feira (29).

A próxima atualização da plataforma IntegraSUS, mantida pelo Governo dos Estado, prevista para as 17h deste sábado (30), deverá somar mais 20.688 resultados em relação aos números desta sexta. Desse total, foi diagnosticada a presença do vírus em 37,2% dos casos, 1.434 deles na capital e 6.254 nos municípios do interior, sendo os mais afetados Sobral, Maracanaú, São Gonçalo do Amarante, Caucaia, Itarema, Quixadá, Itapipoca, Acaraú, Redenção e Morada Nova.

Conforme a secretaria da Saúde, a grande quantidade de testes incluídas nesta próxima atualização se deve à investigação de casos acumulados em todo o Ceará nos últimos 30 dias e ao aumento da adesão dos municípios aos métodos de testagem em massa. Além disso, também é resultado da aquisição de 200 mil testes rápidos pelo Governo do Estado.

Segundo a secretaria da Saúde, o número torna o Ceará como o estado que mais realizou testes para a doença no Brasil.

O Ceará está sob decreto de isolamento rígido até este domingo (31) e a partir de segunda-feira (1°) começa uma fase de transição para a retomada gradual de atividades (veja abaixo quais são as fases)



Casos no Ceará

A última atualização, divulgada às 17h53 desta sexta-feira (29), o Ceará acumula 2.859 óbitos causados pela Covid-19. São 126 a mais registradas nas últimas 24 horas, conforme a plataforma IntegraSUS, da secretaria da Saúde, que também traz 38.395 casos confirmados da doença no estado. Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza já registra 102 mortes, sendo o primeiro município cearense depois de Fortaleza a superar uma centena de vidas perdidas.

A quantidade de casos investigados do novo coronavírus (SARS-CoV-2) é de 46.727 e em todo o estado houve a recuperação de 25.858 pessoas.

Os números apresentados pela Secretaria da Saúde são atualizados permanentemente e fazem referência à disponibilidade dos resultados dos testes para detectar a presença dos vírus, ou seja, não necessariamente correspondem à data da morte ou do início da apresentação dos sintomas pelo paciente.



Plano de retomada prevê liberação de setores do comércio já na 1ª fase

O governador do Ceará, Camilo Santana, divulgou na quinta-feira (28) os detalhes do plano de retomada das atividades econômicas do estado em recuperação aos efeitos da epidemia do novo conoravírus (SARS-CoV-2). A partir do dia 1º de junho até o dia 7, haverá uma fase de transição, seguida por outras quatro, cada uma com 14 dias, com a divisão das atividades liberadas para retomarem por grupos. Já na primeira fase, setores do comércio já poderão funcionar.

Também na primeira fase serão permitidas a atuação da indústria química, 30% da cadeia da construção civil em obras com até 100 operários; lojas de construção civil; cadeia da saúde (óticas, escritórios, clínicas de dentistas); e cuidados pessoais, como cabeleireiros e barbeiros.

Todo o processo será avaliado e poderá sofrer mudanças, contudo. Segundo Camilo, o plano de retomada é comportamental, baseada em critério de risco sanitário e outro econômico e social. As fases serão especificadas por decretos.

Fonte: G1
Compartilhar no G+