Fortaleza registra quase 190 mil multas de trânsito a menos nos quatro primeiros meses de 2020

   Trânsito em Fortaleza durante o período de isolamento social rígido. — Foto: Gustavo Pellizzon

Neste ano, a AMC aplicou 142.694 multas, o que indica uma queda de 57,1% em relação ao mesmo período de 2019.

O total de multas registradas em Fortaleza pela Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania de Fortaleza (AMC) caiu 57,1% nos quatro primeiros meses deste ano, na comparação com o mesmo período de 2019. Entre janeiro e abril de 2020, foram 142.694 multas de trânsito. Nos mesmos meses de 2019, foram 332.577 infrações.

Trânsito em Fortaleza teve redução média de 58% durante lockdown

Transitar em velocidade superior à máxima permitida em até 20% foi a infração mais contabilizada nos dois períodos: 70.835 do acumulado recente contra 157.029 do ano passado. A infração gera multa de R$ 130,16 e quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

De acordo com Arcelino Lima, superintendente da AMC, o decreto de isolamento social para combater a Covid-19 fez diminuir o tráfego de veículos nas ruas e avenidas da cidade, o que leva o condutor a pisar no acelerador.

"Ele acha que tem maior liberdade para exceder os limites, o que continua sendo errado porque coloca em risco os demais que estão usando as vias", alerta.

Desde que os casos do novo coronavírus começaram a disparar na capital, a AMC observou um aumento no transporte de pacientes em veículos de emergência, que podem ter entrado nas estatísticas por causa do excesso de velocidade. Contudo, Arcelino Lima ressalta que por serem ambulâncias, a infração não existe. Após um levantamento, os carros de resgate serão retirados do sistema.

“A gente deve ter esses resultados até o final deste mês. Devido à Covid-19, esses veículos aumentaram a circulação na cidade. Estão autorizados a trafegar no limite superior da velocidade, atravessar semáforo vermelho desde que estejam com o giroflex acionado”, orienta.

Além do excesso de velocidade, a lista de irregularidades que tiveram baixa inclui o avanço de sinal vermelho do semáforo, com 67.786 em 2019 e 20.236 neste ano; trânsito na faixa ou via exclusiva para transporte público, com 38.671 a menos que o ano passado; e estacionar em local/horário proibido - 23.427 multas até abril contra 33.255 em 2019.

Já entre o dia 20 de março, quando começou o isolamento social, e 31 de maio, houve queda de 71% nos registros de acidentes em relação ao ano passado. São 2.585 incidentes a menos, sendo 926 com vítimas fatais, indica a AMC.

Fonte: G1 Ceará
Compartilhar no G+