NOME DE SARÍ CORTE REAL APARECE CADASTRADO NO SITE DO AUXÍLIO EMERGENCIAL


O nome de Sari Gaspar Corte Real, a primeira-dama da cidade de Tamandaré (PE), aparece cadastrado no auxílio emergencial do governo federal. A mulher é acusada de homicídio culposo no caso Miguel, menino de cinco anos que morreu ao cair de um prédio de luxo de Recife.

Em consulta à página do Dataprev, é visto que a solicitação foi feita em 14 de maio de 2020, 19 dias antes da morte do menino Miguel Otávio, que estava sob a guarda temporária da mulher. O pedido está em processamento pelo sistema, que é quando os dados da pessoa são analisados para verificar se ela pode ou não receber o benefício. A informação é do “Portal Notícia Preta”.

Sari Corte Real é esposa do prefeito de Tamandaré, Sérgio Hacker (PSB), e ex-patroa da mãe do menino Miguel Otávio Santana da Silva. Ela foi autuada por homicídio culposo, por negligenciar um menor, e chegou a ser presa em flagrante, mas pagou R$ 20 mil de fiança e responderá em liberdade.

Consultado, o advogado de Sarí, Pedro Avelino, afirmou que a solicitação é falsa. “Soube disso hoje. E com certeza é alguma tentativa de golpe. Ela não fez nenhum pedido”, disse à reportagem.

Fonte: By Ibiapaba 24 horas
Compartilhar no G+